NOVO FIES

A partir do primeiro semestre de 2018, o Programa de Financiamento Estudantil (Fies) passa a ter novas regras.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o objetivo é torná-lo mais sustentável e direcioná-lo para quem precisa.

Novo fies 2017

Afinal, como funciona o novo Fies?

Agora, o contrato do Fies é dividido em três modalidades, sendo que cada uma conta com características, taxas de juros e públicos específicos. Basicamente, elas funcionam assim:

  • Fies 1: juros zero para quem tem renda familiar per capta de até três salários mínimos e reside em qualquer lugar do país;
  • Fies 2: juros de 3% para quem tem renda familiar per capta de até cinco salários mínimos e mora nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste;
  • Fies 3: juros variáveis para quem tem renda familiar per capta de até cinco salários mínimos, com vagas regionais e nacionais.

O Fies 1 é totalmente financiado com recursos públicos. Por sua vez, quem adere ao Fies 2 ou ao Fies 3 pode contar com o apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e de bancos regionais.

No momento de assinar o contrato do novo Fies, os alunos saberão exatamente o valor que será emprestado e terão que assinar uma autorização que compromete até 30% de seus futuros salários para quitá-lo.

A quitação do financiamento começa assim que o recém-formado conseguir um emprego. Caso isso demore a acontecer, o governo pode acionar as garantias previstas em contrato.

Qual é o objetivo do governo?

O grande objetivo do governo é tornar o Fies mais sustentável do ponto de vista econômico. Ao mostrar exatamente quanto o aluno pagará e eliminar o período de carência, o MEC espera diminuir a inadimplência.

Outra importante meta é promover o desenvolvimento das regiões Norte, Nordeste e Nordeste, que atualmente contam com menos pessoas matriculadas no Ensino Superior que Sul e Sudeste.

Como ser contemplado?

A nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) continua a ser indispensável para quem deseja ingressar na universidade por meio do novo Fies. Portanto, é preciso fazer a prova.

No total, as instituições de ensino superior oferecem 310 mil vagas para o Fies. Só o Fies 1 será responsável por 100 mil delas, sem taxas de juros. Respectivamente, Fies 2 e Fies 3 oferecem 150 mil e 60 mil vagas.

Realize o sonho de fazer uma faculdade com o novo Fies!